Bonito Notícias - Notícias de Bonito MS e Região
Bonito - Mato Grosso do Sul - 20 de Outubro de 2017
15/09/2017 - 08:00
Cadeia produtiva da Guavira será discutida em Bonito (MS)
A audiência acontece a partir das 08h30 no plenário “Tetê Faria”.
Acontece nesta sexta-feira (15), em Bonito (MS), audiência pública para debater o fortalecimento e preservação dos guavirais e o aproveitamento comercial do fruto pela agricultura familiar.

A proposta apresentada pela Assembleia Legislativa, por intermédio do deputado Renato Câmara (PMDB), em parceria com a Prefeitura e Câmara Municipal de Bonito, propõe que a Guavira seja reconhecida como fruta símbolo de MS. 

Conforme Renato Câmara, na prática, a proposta autoriza a inclusão da guavira em todas as divulgações turísticas do Mato Grosso do Sul, veiculadas dentro e fora do Estado.

Para o deputado, o projeto de lei também vai fortalecer o nome da fruta e possibilitará a realização de eventos e festivais gastronômicos com o tema, gerando ocupação e renda e valorizando a cultura sul-mato-grossense.

A audiência acontece a partir das 08h30 no plenário “Tetê Faria”. 
Gostou? Compartilhe!
COMENTE ESTA NOTÍCIA
CURTIU O BONITO NOTÍCIAS?
MAIS NOTÍCIAS
Publicidade
Publicidade
ACOMPANHE O BONITO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

BONITO NOTÍCIAS
POLÍTICA DE CONTEÚDO

O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior.

Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação.

Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados.

Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.

Bonito Notícias - Todos os direitos reservados 2017.