Bonito Notícias - Notícias de Bonito MS e Região
Bonito - Mato Grosso do Sul - 18 de Setembro de 2019
20/08/2019 - 17:08
Corumbá é vice-líder em índices de queimadas, segundo INPE
Somente nesse final de semana, foram registrados 180 focos de queimadas na cidade.
Ketlen da Silva
Divulgação/Prefeitura de Corumbá - Clóvis Neto
Ampliar
Corumbá é a segunda cidade com maior índice de queimadas no Brasil.

O índice de queimadas no Brasil atingiu, nessa semana, o recorde dos últimos seis anos, com 72.843 pontos registrados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) entre janeiro e segunda-feira (20), um número 83% maior do que no mesmo período do ano passado.

Segundo o INPE, Mato Grosso foi o Estado que mais acumulou focos de incêndio, com 13.682 pontos, um aumento de 87% em relação ao mesmo período do ano passado. No entanto, os focos vêm aumentando no Pará e no Amazonas.

Dos 10 municípios com maior número de registros este mês, quatro são no Pará, inclusive os campeões, Altamira e São Félix do Xingu, e Novo Progresso, onde fazendeiros da região marcaram os dias 10 e 11 de agosto como o “dia do fogo”, em que iriam iniciar as queimadas.

Já Mato Grosso do Sul teve 3811 focos de queimadas de janeiro até o dia de hoje (20) e o Estado apresentou 1492 somente neste mês.

Corumbá aparece em 2º lugar no ranking nacional de focos de queimadas, que chegou a 2064 neste ano, somente até o mês de agosto, sendo que 847 somente neste mês. A cidade registrou 180 focos de queimadas neste final de semana e não houve chuvas desde o dia 26 de junho, quando foram registrados 5,6 mm de precipitação. O município de Altamira, no Pará, lidera com 2263 focos.


Com informações de INPE
Gostou? Compartilhe!
COMENTE ESTA NOTÍCIA
CURTIU O BONITO NOTÍCIAS?
MAIS NOTÍCIAS
Publicidade
Publicidade
ACOMPANHE O BONITO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

BONITO NOTÍCIAS
POLÍTICA DE CONTEÚDO

O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior.

Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação.

Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados.

Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.

Bonito Notícias - Todos os direitos reservados 2019.