Bonito Notícias - Notícias de Bonito MS e Região
Bonito - Mato Grosso do Sul - 21 de Novembro de 2017
09/09/2013 - 09:04
Mergulho em Bonito é citado em publicação do Ministério do Turismo
Atrativos do destino de ecoturismo foram citados como opção para a realização da atividade. Foram eles: Abismo Anhumas, Rio Formoso, Recanto Ecológico Rio da Prata e Lagoa Misteriosa.
Marcio Cabral
Ampliar
Mergulho na Lagoa Misteriosa
Na última semana, o site oficial do Ministério do Turismo publicou matéria especia sobre o crescimento da atividade de mergulho no Brasil.

Dados revelam que o turismo de mergulho é uma atividade em consolidação.

Além do mergulho em águas marinhas, o esporte também pode ser praticado em lagoas, como as de Abismo Anhumas e Rio Formoso, em Mato Grosso do Sul.

"Para todos os casos, no entanto, é necessário fazer um curso e um mergulho experimental acompanhado por profissional da área. Mas se a ideia é praticar o mergulho sozinho, é preciso dedicar-se a aulas teóricas e exercícios práticos em piscinas ou águas abertas", revela o texto.

Foram citados como locais ideais para a prática da atividade, no Mato Grosso do Sul:

Em Bonito:

Abismo Anhumas (MS): É uma caverna localizada a 23 km de Bonito (MS). É preciso descer 72 metros de rapel para atingir um lago de águas cristalinas, com 80 metros de profundidade. Quem tem certificação pode fazer mergulho com cilindro.

Rio Formoso (MS): O mergulhador vê de perto a formação calcária e os peixes da região, principalmente o piraputanga e o curimbatá. A profundidade é de 5,5 metros. Rio Formoso fica a seis quilômetros do centro de Bonito (MS).

Em Jardim:

Rio da Prata (MS): Quem não tem certificação pode mergulhar nas águas cristalinas do Rio Prata, acompanhado por um condutor profissional. Lá é possível ver, a uma profundidade de até oito metros, uma variada quantidade de peixes, como cacharas, pacus, curimbatás, pintados, piraputangas e dourados.

Lagoa Misteriosa (MS): A profundidade desse lago, como o nome já diz, é um mistério: um mergulho exploratório já alcançou 220 metros, sem que o fundo fosse avistado. Mergulhar com cilindros permite ver os paredões rochosos, a vegetação subaquática e cardumes de pequenos peixes.
Informações Ministério do Turismo
Gostou? Compartilhe!
COMENTE ESTA NOTÍCIA
CURTIU O BONITO NOTÍCIAS?
MAIS NOTÍCIAS
09 de Setembro de 2013
18:00
17:44
16:08
15:15
15:00
14:29
13:30
13:04
12:35
12:00
11:46
11:07
11:00
10:45
10:34
10:20
09:49
09:22